pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Roda de Mestres mostrou a riqueza da Cultura Popular Brasileira

26/03/2018 - O TAMAR Ubatuba recebeu o projeto Roda de Mestres, um encontro entre a nova geração de músicos e suas referências. Leia mais. ↓

O TAMAR Ubatuba recebeu o projeto “Roda de Mestres” (17/03), uma produção do Coletivo Casarão com financiamento adquirido através do ProAC (Programa de Apoio à Cultura do Estado de São Paulo). O evento promoveu um encontro especial entre três artistas que carregam a tradição da música popular brasileira, Sinhá Rosária, João Bá e Tião Mineiro, com os jovens músicos, João Arruda, Esther Alves e Yandara Pimentel. Pela manhã, os músicos participaram do retorno ao mar de uma tartaruga marinha reabilitada, na Praia das Toninhas, experiência que, segundo eles, já marcou a memória e o coração.

Conduzido pelo violeiro, pesquisador da cultura popular e idealizador do projeto, João Arruda, o evento encantou e emocionou o público de mais de 200 pessoas, numa noite pra lá de especial. Com seu bom humor e alegria contagiante, Arruda interagiu com os poetas e brincantes populares Sinhá Rosária (80 anos), João Bá (82 anos) e Tião Mineiro (72 anos), intercalando música, poema, contação de histórias e muita descontração.

No palco também estavam Esther Alves (flauta, sanfona e percussão) e Yandara Pimentel (percussão), que trouxeram a rusticidade melódica da flauta, sanfona e instrumentos marcantes na cultura popular. "A composição do sexteto foi de encher os olhos!", conta a coordenadora do TAMAR Ubatuba, Berenice Gomes. Teve sambas de roda Ondina (Sinhá Rosária), Lá na Favela (Sinhá Rosária), Olha a Nega (Kiko Dinucci); toada Acordar com os Passarinhos (Tião Mineiro); Facho de Fogo (João Bá/Vidal França) e contação de histórias. "A música de fechamento foi muito bonita, todos cantaram uma canção do João Bá chamada O Menino e o Mar", disse Berenice.

O Projeto TAMAR começou a proteger as tartarugas marinhas em 1980. Com o patrocínio da Petrobras desde 1982, hoje, o Projeto é a soma de esforços entre a Fundação Pró-TAMAR e o Centro Tamar/ICMBio. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba, recebe o apoio da Prefeitura Municipal.

Tartaruga de pente ou legítima

Oceanário de Aracaju - SE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras